Gostam de Golfinhos? Não vá ao Seaworld! Conheça o drama das orcas mantidas em cativeiro.

Bom dia, divas! O post de hoje é sobre um assunto que está sendo muito comentado, o drama das orcas do Seaworld.

Está sendo noticiado que o Seaworld vai parar de realizar shows com orcas, mas a verdade é que o Seaworld só vai parar de realizar shows no parque de San Diego, um dos 11 parques, então, nos outros 10 parques, as orcas ainda serão privadas de comida como parte de seu treinamento.

Orca_1

A mudança não é suficiente, pois as orcas continuarão sendo mantidas em cativeiro, situação em que elas ficam doentes, estressadas, não tem espaço suficiente, não tem a alimentação variada como teriam nos oceanos, apresentando comportamentos e problemas de saúde nunca vistos em orcas em seu habitat natural, atacando umas às outras e morrendo muito mais cedo do que nos oceanos.

Para quem quiser saber mais sobre o assunto, assista o vídeo que está gerando muita repercussão e está clareando as mentes sobre a indústria cruel que tortura animais durante toda sua vida (se é que podemos chamar de vida, essa vida artificial), em troca de alguns minutos de diversão para os humanos.

O depoimento sobre a primeira caça, em 1.970, relata como as orcas adultas sem filhotes tentaram despistar os caçadores, deixando as fêmeas com filhotes, seguirem outro caminho. No documentário, há dois relatos sobre as separações de orcas mães e seus filhotes. Além de todo o sofrimento, enclausuramento e fome que as orcas passam nos minúsculos aquários do Seaworld – que para elas, são como banheiras -, as mães são separadas de seus filhotes sem o menor pudor. A sociabilidade é um comportamento muito evoluído nas orcas, mais do que nos humanos e a separação de uma família, causa mais sofrimento do que conseguimos imaginar.


O site da ANDA (Agência de Notícias de Direitos Animais) tem várias matérias publicadas. Quem quiser ficar por dentro das notícias, pode clicar aqui.


Acima, um vídeo da PETA em inglês, sobre a vida de Orkid, mencionada no documentário Blackfish. O Seaworld simplesmente deixou a mãe de Orkid sangrar e agonizar de dor por 45 minutos antes de morrer.

Para quem prefere assistir a versão em espanhol, tem uma publicação da PETA Latino no facebook:


fica a lição de que não devemos manter animais tão especiais em cativeiro. Pois eles são, na verdade, tão assombrosamente inteligentes e conscientes, que sofreram exatamente o que qualquer ser humano teria sofrido na mesma condição, porém, com um agravante: a artificialidade. Afinal, além de terem sido roubadas de seu habitat e sua família, sofreram com a artificialidade do transporte, da água, do alimento, do convívio humano e do confinamento em si, que, através de suas paredes de concreto, impediram que utilizassem o mais importante de seus sentidos, que é o biosonar. Esta artificialidade jamais poderá ser mensurada por nós: Humanos tolos que destroem vidas em troca de entretenimento e lucro financeiro.”

“Portanto, vamos espalhar o que aprendemos. E já que os brasileiros são um dos povos que mais viajam pelo mundo, vamos nos lembrar desta experiência antes de comprar um ingresso para ver orcas e golfinhos em cativeiro ou até para participar de programas para nadar com eles. Pois acredite, por experiência própria: o amor que teoricamente sentimos por eles não é desenvolvido quando os encontramos num cativeiro, mas quando somos surpreendidos por sua presença nos oceanos!”

Fonte: Gemmlagos


Orca_2

NÃO VÁ ao Seaworld!!!

As orcas são da família dos golfinhos. Se você gosta de golfinhos e/ou ama os animais, não vá a nenhum tipo de parque ou zoológico. Os animais em cativeiro sofrem.

Anúncios

5 comentários

  1. Stella Camara

    Estou me formando em biologia e tenho uma paixão pela biologia marinha no começo do ano assisti o documentário e chorei do começo ao fim. Por mais que pensasse eu jamais poderia imaginar tanta crueldade e é mais focado para as orcas, mas os golfinhos sofrem tanto quanto elas. Quando soube da notícia do fechamento do parque fiquei muito feliz, pois só foi possível esse fechamento porque as idas ao parque caíram drasticamente isso quer dizer que as pessoas estão começando a se sensibilizar e que daqui a um tempo todos vão ser voltados para a preservação dessa magnífica espécie.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Divas que Trabalham

      Oi, Stella! Boa noite! Tudo bem, lindona?

      Está sendo noticiado que o Seaworld vai parar de realizar shows com orcas, mas a verdade é que o Seaworld só vai parar de realizar shows no parque de San Diego, um dos 11 parques, então, nos outros 10 parques, as orcas ainda serão privadas de comida como parte de seu treinamento.

      A mudança não é suficiente, pois as orcas continuarão sendo mantidas em cativeiro, situação em que elas ficam doentes, estressadas, não tem espaço suficiente, não tem a alimentação variada como teriam nos oceanos, apresentando comportamentos e problemas de saúde nunca vistos em orcas em seu habitat natural, atacando umas às outras e morrendo muito mais cedo do que nos oceanos.

      Concordo com você que precisamos a aprender a amar e respeitar os animais da maneira que eles  merecem. Beijos e obrigada pela visita! Apareça sempre, diva!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s